• 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5

Notícias sobre o mercado de webdesign e seo

Facebook Search

Há já algum tempo que se falava que o Facebook estava a preparar-se para entrar nas pesquisas, mas agora a certeza veio diretamente da boca do CEO Mark Zuckerberg.

Zuckerberg foi entrevistado por Michael Arrington no TechCrunch Disrupt terça-feira à noite, onde foi questionado sobre a possibilidade de entrar de o Facebook entrar no mercado das buscas. TechCrunch cita-o dizendo: "Nós estamos fazendo basicamente um bilião consultas por dia e não estamos nem tentando."

Ele também foi citado como tendo dito: "O Facebook está muito singularmente posicionado para responder às perguntas que as pessoas fazem. Em algum momento nós vamos fazê-lo. Temos uma equipa a trabalhar nisso".

A partir daqui podemos facilmente concluir que o Facebook está a trabalhar no sentido de construir uma espécie de oferta maior de busca para além de sua função de pesquisa atual, e que as respostas vão ser um componente importante dessa busca.

Em julho, o The Sydney Morning Herald conversou com Lars Rasmussen, Diretor de Engenharia do Facebook, e um ex-Googler (o homem por detrás do Google Maps). Nessa entrevista, Rasmussen disse que ele estava trabalhando em "algo muito específico que é super emocionante", mas ressaltou que não é um "produto para ir-atrás-do-Google".

"Eu não posso prever o que vai acontecer no futuro, mas eu não acho que ele vai fazer sentido para nós, nesta fase, nem mesmo começar a pensar em fazer pesquisa na web", disse Rasmussen em entrevista. "O Google faz isso tão bem."

Mas, o Google disse coisas semelhantes sobre como Google+ não é um concorrente do Facebook no passado.

Passaram cerca de dois meses, então talvez agora seja a hora. Com base nos comentários Zuckerberg, parece que eles estão pelo menos pensar sobre isso a sério.

Em julho, o Facebook anunciou que tem 955 milhões de usuários ativos. Todos eles têm ligações sociais pessoais que podem ser utilizados de uma forma que o Google simplesmente não pode. O Google pode fazer o que quiser com Google+, mas o Facebook é o lugar onde a paisagem social real tem lugar, e há aqui um grande potencial para que o Facebook possa fazer algo muito prejudicial para pesquisas do Google.

Numa altura em que muita gente e organizações se queixam do Google, e a falta de resposta adequada por parte do Bing, fazem com que a entrada do Facebook no mercado das pesquisas seja aguardada  com grande expectativa. Vamos esperar para ver. Mas a avaliar pela confirmação (agora oficial) dada por Zuckerberg possivelmente não vamos ter que esperar muito.

Partilhe

Aproveite as oportunidades que os motores de busca abrem

Ponha-se na pele de um potencial cliente e gaste algum tempo a fazer pesquisas nos motores de busca. Encontrou palavras chave relacionadas onde o seu site não aparece listado? Está na hora de aproveitar essas oportunidades e optimizar o seu site para que ele seja encontrado para um vasto número de palavras chave.

Artigos